sábado, 18 de julho de 2009

Corredor da mesmice

Esse Fortal é tão igual e carente de novidades, que as empresas de comunicação envolvidas ficam obrigadas a fazer, todos os anos, matérias sobre a pintura dos camarotes e a montagem das arquibancadas. Para completar o enfado, a data da entrega dos abadás, que os interessados são informados no ato da compra, logo, não interessa a mais ninguém. Quem imaginava que apenas as músicas eram uma repetição...

4 comentários:

Laercio Marques disse...

Concordo plenamente Neno, aqui em Recife os recifenses aboliram esta festa chata, faz tempo que não tem nada de axé music por aqui! Quando Fortaleza também vai seguir este belo exemplo?

Mário Kempes disse...

Só um jornalista com credibilidade e sem o rabo preso pode falar, ou melhor, criticar a mídia sobre o Fortal. E olhe que ele trabalha no SVM !!!

Romaisteke disse...

Engraçado que ontem estava eu vendo um desses programas que dizem fazer a cobertura do evento quando vi no título da reportagem: "Festa de entrega dos abadás"

Festa? Comemorando o quê?

Enfim, tá de parabéns pela crítica!!

Paulo disse...

O Fortal,já deu o que tinha que dar.